CEO de petroleira francesa morre em queda de avião

Christophe de Margeri, CEO da Total / Crédito: Reuters Direito de imagem Reuters
Image caption Christophe de Margeri estava no avião que caiu em Moscou

Christophe de Margeri, CEO da petroleira francesa Total, morreu em um acidente de avião em Moscou nesta segunda-feira.

A porta-voz do Aeroporto da capital russa Elena Krylova confirmou que uma das vítimas da queda do avião foi o executivo da Total. "Nesta noite, um avião caiu depois de bater em uma máquina de limpeza de neve. Três tripulantes e um passageiro morreram", ela disse.

"Posso confirmar que o passageiro era o chefe da Total, Margerie", acrescentou.

O Ministério de Emergências da Rússia divulgou um comunicado dizendo que o acidente envolveu um avião Falcon-50 e aconteceu pouco antes de meia-noite no horário local nesta segunda-feira.

Christophe de Margerie assumiu o cargo de CEO da petroleira francesa em 2007. Ele tinha 63 anos e passou toda a sua carreira trabalhando na empresa – desde que se formou na Ecole Superieure de Commerce em Paris, em 1974 -, onde recebeu o apelido de "Bigodão".

Atualmente, a francesa Total é a oitava maior empresa de petróleo do mundo, à frente da brasileira Petrobras, em termos de faturamento.