Polícia dos EUA acha corpos de sete mulheres mortas por serial killer

Motel 6 em Indiana / Crédito: AP Direito de imagem AP
Image caption Um dos corpos foi encontrado no Motel 6, no estado de Indiana, nos Estados Unidos

Corpos de sete mulheres assassinadas por um serial killer foram encontrados no estado de Indiana, nos Estados Unidos. O homem confessou os crimes e colaborou com as autoridades na busca pelo paradeiro dos restos mortais das vítimas.

O nome do suspeito não foi revelado, mas ele tem 43 anos e admitiu ter estrangulado uma mulher até a morte – o corpo dela foi encontrado em um motel local na última sexta-feira. A garota se chamava Afrikka Hardy e ela tinha 19 anos.

Ele ajudou as autoridades a achar pelo menos três corpos, enquanto outros três foram encontrados ao longo do final de semana.

Uma segunda vítima foi identificada como Anith Jones, de 35 anos. As autoridades ainda farão testes para descobrir a causa da morte dela e de outras vítimas ainda não identificadas.

Desaparecimento

Jones estava desaparecida desde 8 de outubro – um amigo não conseguia falar com ela e acionou a polícia, que encontrou o corpo da garota em uma casa abandonada.

As autoridades que investigavam a morte de Jones foram levadas ao suspeito e conduziram uma busca na casa e no carro dele no último sábado. Policiais dizem que ele confessou o crime durante seu depoimento e revelou a localização de outras vítimas.

Investigadores ainda precisam explicar como o suspeito chegava às vítimas e explicar o que motivou os crimes. Na segunda-feira, o prefeito de Gary, em Indiana, disse que o autor dos assassinatos já havia sido condenado por outros crimes sexuais no estado do Texas.

Ainda não está claro há quanto tempo o suspeito estaria em Indiana, ou se mais corpos serão encontrados ao longo da investigação.