Pai vingativo ‘incendiou casa e matou os dois filhos’, diz mãe

Paul e Jack Sykes Direito de imagem PA
Image caption Polícia acredita que incêndio foi iniciado de forma deliberada

Uma mãe que perdeu dois filhos em um incêndio dentro de sua antiga casa disse acreditar que o fogo foi iniciado de propósito pelo ex-marido – motivado por vingança.

Darren Sykes, de 44 anos, morreu no incidente de 22 de outubro junto com o filho Paul, de 9 anos. Seu irmão Jack, de 12 anos, morreu seis dias depois no hospital.

A polícia do condado de South Yorkshire, no norte da Inglaterra, disse acreditar que o fogo foi deliberado e que não está procurando nenhum outro culpado.

Em entrevista ao tabloide Mirror, a mãe, Claire Sykes, disse acreditar que o ex-marido planejou a morte dos próprios filhos em retaliação à separação do casal, em abril.

Leia mais: Cientistas descobrem genes associados à violência

Direito de imagem PA
Image caption Segundo a ex-mulher, Darren Sykes atraiu os filhos para uma emboscada

"Quero que as pessoas saibam que eles (Paul e Jack) foram assassinados pelo pai", disse ela. "Ele os matou por puro rancor."

A mãe disse que os meninos "não tiveram chance". "Ficaram como ratos em uma ratoeira e caíram em um plano frio e calculista."

Sykes disse ao jornal que Darren atraiu os filhos para a antiga residência do casal e executou o crime.

Investigadores revelaram que o autor do incêndio usou uma substância para intensificar o fogo dentro do imóvel.

Direito de imagem PA
Image caption Desde o incêndio, homenagens foram prestadas aos meninos, o que emocionou sua mãe

No portão da casa, flores foram depositadas em apoio à mãe.

Em seu perfil no Facebook, ela agradeceu pela iniciativa e fez um tributo emocionado aos filhos.

"Meus garotos foram assassinados pelo pai, mas ele nunca teve o amor deles", disse.

"Eles vão ficar comigo para sempre. Estou de coração partido, mas saber que tanta gente está pensando neles me dá orgulho de ser sua mãe."

Notícias relacionadas