Polícia de Honduras prende dois homens por assassinato de miss

Miss Honduras Maria José Alvarado Direito de imagem epa
Image caption Namorado de Sofía Trinidad, irmã de Miss Honduras Maria José Alvarado, confessou o crime; ele foi ajudado por comparsa.

A polícia hondurenha prendeu nesta quarta-feira dois homens acusados de envolvimento no assassinato da miss Honduras, Mara José Alvarado, de 19 anos, e da irmã dela.

As duas estavam desaparecidas desde a semana passada.

Os corpos de María José e de sua irmã, Sofía Trinidad, de 23 anos, foram encontrados enterrados perto de um rio em uma localidade próxima à cidade de Santa Bárbara, no norte do país.

O namorado de Sofía confessou à polícia ter atirado e enterrado as mulheres.

As autoridades acreditam que ele teria atirado primeiro na namorada para depois matar a miss. O crime teria sido motivado por uma crise de ciúmes.

María José, que foi coroada Miss Honduras em abril, se preparava para viajar a Londres para o concurso Miss Mundo em dezembro, quando desapareceu na noite da última quinta-feira (13).

Leia mais: Desaparecida há seis dias, Miss Honduras é encontrada morta

'Arma recuperada'

Os corpos foram encontrados enterrados em Cablotales, no norte do país.

Plutarco Ruiz, namorado de Sofía, foi detido junto de outro homem, Aris Maldonado.

Ruiz confessou posteriormente o assassinato das duas mulheres. Ele contou à polícia que enterrou os corpos com a ajuda de Maldonado, afirmou a jornalistas o diretor-geral da polícia nacional de Honduras, Ramón Sabillón.

Segundo o investigador Leandro Osorio, Ruiz atirou e matou a irmã mais velha motivado por uma crise de ciúmes ao vê-la dançando com "outra pessoa ou algo do tipo", e logo depois atirou e matou María José, enterrando os corpos.

"Essa é a principal hipótese que temos para esse crime, baseado no depoimento de testemunhas e nas investigações que realizamos", afirmou ele.

As duas mulheres haviam sido vistas vivas pela última vez na última quinta-feira (13) dentro de um carro sem placa quando deixavam uma festa de aniversário.

A arma do crime e o veículo usado para transportar os corpos das duas irmãs já foram encontrados, acrescentou o detetive.

Sabillon disse ainda que Ruiz levou as autoridades ao local onde havia enterrado as mulheres. A polícia não revelou informações sobre o depoimento de Maldonado.

Concurso

Coroada Miss Honduras em abril deste ano, María José viajaria a Londres para participar do concurso Miss Mundo.

Em seu perfil no site da competição, ela é descrita como uma estudante com "aspirações de uma carreira no governo, especificamente como diplomata".

"Espero pode transformar Honduras em um destino de viagens, o melhor que está por vir", definiu-se ela na página.

Logo depois de saber da morte das filhas, a mãe delas, Teresa, afirmou que as duas não "eram muito perspicazes sobre quem se aproximava delas".

"Elas eram muito amigáveis. Saíam com pessoas que não conheciam muito bem".

Organizadores do Miss Universo emitiram uma nota demonstrando pesar pela morte das irmãs e anunciaram que vão fazer uma homenagem às duas durante o concurso deste ano.

"Estamos arrasados pela terrível perda dessas duas jovens, tão cheias de vida", informou o comunicado.

"Nossos pensamentos e orações estão com as famílias e amigos de María José Alvarado e Sofía Trinidad nesse momento de dor", acrescentou a nota.

Segundo a ONU, Honduras tem a mais alta taxa de homicídio do mundo, com 90,4 pessoas mortas a cada 100 mil habitantes.