'Estado Islâmico' diz ter abatido avião de coalizão na Síria

AFP Direito de imagem AFP
Image caption Grupo jihadista disse ter abatido a aeronave usando um tipo de míssil

Militantes do grupo Estado Islâmico abateram um avião de guerra da coalizão liderada pelos Estados Unidos no norte da Síria, disseram ativistas.

O Observatório Sírio para Direitos Humanos, com sede em Londres, disse que a aeronave foi derrubada perto da cidade de Raqqa, considerada a capital do território controlado pelo grupo, que inclui áreas da Síria e do Iraque.

Simpatizantes do grupo Estado Islâmico publicaram fotos no Facebook que, segundo eles, mostram um piloto jordaniano cercado por homens armados. O homem tem sangue na boca e veste apenas uma camiseta e cueca. A legenda identifica sua nacionalidade e sua posição.

Leia mais: 'Fui vendida por R$35 como escrava sexual pelo Estado Islâmico'

Não foi possível verificar a autenticidade das imagens.

A Jordânia não comentou a informação de que uma aeronave sua teria sido abatida.

Coalizão

O país é uma das quatro nações árabes que integram a coalização liderada pelos EUA que tem atacado alvos do Estado Islâmico na Síria desde setembro.

Além da Jordânia, forças dos Emirados Árabes Unidos, da Arábia Saudita e do Barein participam da ofensiva.

Aviões do governo sírio também bombardeiam a região de Raqqa com frequência. Na terça-feira, um ataque aéreo matou mais de 20 pessoas, segundo o Observatório.

Austrália, Bélgica, Canadá, Dinamarca, França, Holanda e Reino Unido participam da ofensiva dos EUA contra o Estado Islâmico no Iraque.

Notícias relacionadas