Assista ao vivo: Acompanhe a caçada aos suspeitos do ataque ao Charlie Hebdo

A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

A polícia francesa invadiu a gráfica na cidade de Dammartin-en-Goële, a noroeste de Paris, onde os irmãos Kouachi, suspeitos pelo atentado à sede da revista Charlie Hebdo, na quarta-feira, mantinham um refém.

Informações da agência de notícias AFP ainda não confirmadas pela BBC dizem que os irmãos Kouachi foram mortos ao trocarem tiros com policiais.

Acabou também o cerco ao supermercado judaico de Porte de Vincennes, no leste de Paris, onde um homem armado mantinha um grupo de reféns. Informações da AFP dizem que o homem também foi morto pela polícia.