Superastro do cinema indiano é condenado a 5 anos de prisão por atropelamento e fuga

AFP Direito de imagem BBC World Service
Image caption O astro de Bollywood chegou ao tribunal em meio a um grande tumulto da imprensa local

A Justiça da Índia condenou um astro do cinema no país a cinco anos de prisão pela morte de um morador de rua, em um caso de atropelamento e fuga ocorrido em Mumbai no ano de 2002.

A vítima estava entre as cinco pessoas atropeladas pelo ator, Salman Khan, hoje com 49 anos, depois que este passou uma noite bebendo com amigos em um badalado bar da metrópole indiana.

A defesa alegou que o carro estava sendo dirigido pelo motorista do ator na hora do acidente, mas o juiz acatou a versão da promotoria - baseada no depoimento de várias testemunhas -, de que o ator estava dirigindo e sob efeito de bebida alcoólica.

O ator indiano deve entrar com recurso apesar de a pena ter sido mais leve do que o esperado. Ele poderia ter sido condenado a até a dez anos de prisão.

Segundo correspondentes, a condenação é um grande problema para Khan, que é um dos grandes astros de Bollywood e já apareceu em mais de 80 filmes indianos. Muitos destes filmes foram grande sucessos da indústria cinematográfica do país.

Leia mais: Índia acaba com veto a mulheres maquiadoras em Bollywood

Direito de imagem BBC World Service
Image caption Khan é um dos grandes atores da indústria cinematográfica indiana

A prisão do ator pode afetar vários projetos e filmes, alguns com grandes orçamentos.

Na manhã desta quarta-feira, o ator foi para o tribunal acompanhado pela família e amigos enquanto fãs rezavam por sua absolvição.

No entanto, ele acabou sendo condenado por homicídio culposo.

"Você estava dirigindo o carro, você estava sob influência de bebida alcoólica", disse o juiz a Khan logo no começo do julgamento.

Canais de televisão da Índia relataram que o ator chorou ao ouvir o veredicto.

Leia mais: O mundo glamouroso dos novos super-ricos da Índia