Mulher tem parto 'milagroso' após ficar soterrada no Nepal

Dolma Tamang e seu bebê (Foto: Mirva Helenius / Cruz Vermelha Finlandesa) Direito de imagem Mirva Helenius Cruz Vermelha Finlandesa
Image caption Dolma foi soterrada por sua própria casa, mas deu à luz um bebê saudável

Uma gestante que conseguiu sair por conta própria dos escombros do terremoto no Nepal deu à luz um bebê saudável, segundo a ONG Cruz Vermelha.

Dolma Tamang, de 28 anos, foi soterrada pelos escombros de sua própria casa, que desabou no grande tremor de 25 de abril, que deixou mais de 8 mil mortos.

Apesar de gravemente ferida, Dolma conseguiu sair dos escombros. Agentes de saúde a encontraram pouco antes que ela entrasse em trabalho de parto e a levaram a uma clínica em Melamchi, no centro do Nepal.

Leia mais: Como a ciência mede um terremoto?

"Eu estava tão preocupada com o bebê que nem me preocupei com a minha própria saúde, apesar de estar com ferimentos em todo o corpo e ter dificuldades em respirar", disse Dolma.

O caso aconteceu há pouco mais de duas semanas, mas só foi divulgado pela Cruz Vermelha nesta quarta-feira.

'Pequeno milagre'

Dolma contou que o posto de saúde próximo à sua casa foi destruído pelo terremoto. Para chegar por conta própria a outra clínica em Melamchi (zona central do Nepal), ela teria de caminhar três horas.

Mas uma clínica móvel japonesa a encontrou por acaso, segundo a Cruz Vermelha.

"O fato de o bebê ter nascido com saúde é um sinal de esperança e de uma segunda vida para toda a nossa família", diz Dolma.

"Apesar de termos perdido quase todos os nossos pertences e estarmos em um abrigo temporário, não poderia estar mais feliz e agradecida por este pequeno milagre."

Na última terça-feira, um novo tremor voltou a assustar os nepaleses, deixando ao menos 48 pessoas mortas.

Notícias relacionadas