Universidade britânica planeja piscina mais funda do mundo

Direito de imagem BBC World Service
Image caption Em projeção artística, um modelo da piscina mais funda do mundo, cotada para o campus da Universidade de Essex

Uma universidade na Inglaterra planeja construir a piscina mais funda do mundo.

Caso saia do papel, a piscina terá 50 metros em comprimento e profundidade. Superaria a piscina de treinamento de 12 metros da Nasa (agência espacial americana), em Houston (EUA), e a piscina mais funda do mundo hoje, a Y-40, de 42 metros, que fica em um resort na Itália.

O custo da empreitada, um projeto conjunto da Universidade de Essex e a empresa Blue Abyss, é estimado em 40 milhões de libras (R$ 200 milhões). O campus da universidade, na cidade de Colchester, é cotado para abrigar a estrutura.

A piscina seria usada para pesquisas sobre condições de vida em viagens espaciais e resistência humana.

Segundo a Blue Abyss, teria aplicações em pesquisa espacial e aeroespacial, monitoramento do ambiente, treinamento avançado em mergulho e investigações em fisiologia marinha e humana.

Direito de imagem Getty Images
Image caption Profundidade de piscina em planejamento superaria a do poço das Niagara Falls (EUA/Canadá).

Bryn Morris, da Universidade de Essex, afirmou que o projeto casava "muito bem" com as "potencialidades" da instituição de ensino.

John Vickers, diretor da Blue Abyss, manifestou entusiasmo com a possível parceria.

"Todos os ingredientes estão aqui: uma locação próxima ao aeroporto de Stansted e à indústria off-shore do norte; um campus maravilhoso e uma ótima base de pesquisa nos departamentos acadêmicos", afirmou.

Leia mais: Depois de Plutão, 6 projetos que devem revolucionar a forma como vemos o espaço