Como mandar mensagens de celular quando não há cobertura nem internet

Credito: Thinkstock Direito de imagem THINKSTOCK
Image caption Aplicativos e acessórios ajudam a mandar mensagens quando não há sinal

Você chegou com amigos a um show mas, de repente, se vê sozinho no meio da multidão. Tenta o Whatsapp, mas não consegue enviar a mensagem. Tenta ligar, mas não há sinal. As redes estão sobrecarregadas.

O que fazer, então, para se comunicar com seus amigos? A BBC Mundo (serviço em espanhol da BBC) mostra três alternativas para enviar mensagens quando você não tem internet nem sinal.

Leia mais: Bug descoberto em sistema Android pode afetar até 1 bilhão de telefones

Firechat

Este aplicativo já havia sido utilizado durante protestos no Irã e em Taiwan, mas ficou mais conhecida nas manifestações pró-democracia no ano passado em Hong Kong.

Em setembro, em apenas 24 horas 100 mil pessoas baixaram o app, da empresa americana Open Garden, na região administrativa especial da China.

Direito de imagem Getty
Image caption Em apenas 24 horas, 100 mil pessoas baixaram o app em Hong Kong

Elas encontraram com a ferramenta uma maneira de se comunicar quando o Instagram havia sido bloqueado na China e muito mais mensagens que o habitual eram censuradas no "Twitter chinês" Sina Weibo.

Leia mais: Por que o celular esquenta demais – e como evitar que isso ocorra

O Firechat permitiu que eles se comunicassem inclusive sem ter acesso à cobertura telefônica ou à internet.

O app funciona graças a outros celulares que estão conectados à rede sem fio e que atuam como ponto de acesso para os terminais que não estão conectados.

Depois de instalar o aplicativo, esses últimos se conectam através da antena wifi, que permite que as mensagens se espalhem em cadeia, saltando de um usuário para outro próximo.

MeshMe

Esse aplicativo utiliza a mesma tecnologia do Firechat, e daí vem seu nome: mesh networking (comunicação em rede).

É igual ao Firechat e serve para se comunicar em meio a manifestações ou quando existe censura nas redes sociais.

Direito de imagem THINKSTOCK
Image caption Apps são úteis em protestos e também em shows e festivais em que a rede fica sobrecarregada

Ele também é útil em festivais ou eventos onde as redes habituais estão sobrecarregadas, assim como nas montanhas ou em outros locais ou a cobertura seja baixa ou nula.

Leia mais: Seis truques pouco conhecidos do Facebook

MeshMe permite que você se comunique com outros usuários mesmo quando seu smartphone está em modo "avião", sempre que a conexão wifi ou Bluetooth esteja ativa.

Cada celular que tenha instalado o aplicativo passa a funcionar como um roteador e passa a informações para outro aparelho usando o caminho mais eficiente no momento.

Mas os proprietários dos telefones que estiverem sendo usados como "nós" não podem ler o texto da mensagem.

Segundo a companhia, um iPhone 6 com MeshMe deveria ser capaz de transferir dados a uma distância entre 20 e 30 metros usando o sinal wifi e entre 10 a 15 metros usando o Bluetooth.

goTenna

Essa não é um aplicativo que possa ser baixado no telefone, mas um acessório para celulares que faz às vezes de antena.

É um produto de uma start-up de Nova York com o mesmo nome. A "antena" é uma barra de bolso com uma corrente para ser presa à mochila ou ao cinto.

Como os apps anteriores, o goTenna permite uma comunicação ponto a ponto, mas os usuários dos aparelhos precisam ter o acessório.

O que ela faz é criar uma rede de rádio de baixa frequência para iOS ou Android.

Não se deve esperar uma comunicação de banda larga, mas a CEO da empresa, Daniela Perdomo, diz que em horizontes abertos ela pode enviar mensagem a até 80 metros de distância.

Todas as comunicações são cifradas e contam com um sistema de reenvio constante, até se assegurar de que a mensagem chegou a seu destinatário.