Quatro teorias a partir do trailer do novo ‘Star Wars’

Direito de imagem
Image caption Será que Rey é a nova protagonista da história? E é filha de Han e Leia?

O terceiro e último trailer de Star Wars – O Despertar da Força, o esperado sétimo episódio da saga, foi lançado esta semana e ganhou as redes sociais instantaneamente.

Nos primeiros 90 minutos após ser divulgado, o trailer gerou mais de 500 mil tuítes e foi visto mais de 250 mil vezes no YouTube.

E o que a peça realmente revela sobre o novo filme? Infelizmente, não muito. A trama ainda é praticamente um mistério, mas algumas coisas já podem ser deduzidas. Vamos a elas:

Curtiu? Siga a BBC Brasil no Facebook

Leia mais: Há 26 anos, 'De Volta para o Futuro 2' via 2015: Veja as previsões certas e as que passaram longe

A jornada do herói

O criador da saga, George Lucas, disse certa vez que o aspecto mítico de Star Wars se baseia nas ideias de O Herói das Mil Faces, de Joseph Campbell. O livro argumenta que os grandes protagonistas das histórias populares seguem uma mesma trajetória, com estágios bem definidos – entre elas "o chamado da aventura", "a estrada de provas" e a "sintonia com o pai".

Campbell chamou esse ciclo de "jornada do herói", e na trilogia original de Star Wars foi a vida de Luke Skywalker que avançou segundo esse caminho: seu destino era, em última análise, redimir o pai, Darth Vader.

Com base no novo trailer, parece que a personagem de Daisy Ridley, Rey, é quem vai assumir o manto neste sétimo episódio da saga. Quando ela diz "Houve histórias sobre o que aconteceu", parte da "canção-tema" de Han Solo e da Princesa Leia em O Império Contra-Ataca, será que está sugerindo que é a filha do casal?

Leia mais: Sexy e corajosas ou 'dispensáveis': o sexismo vivido pelas 'Bond girls'

Leia mais: Incômodo ou indispensável? O merchandising por trás dos filmes de James Bond

Kylo Ren tem amigos?

Direito de imagem
Image caption Kylo Ren surge com guerreiros misteriosos. Seria uma nova ordem secreta do Lado Negro?

Legado e sucessão são, talvez, os dois assuntos mais importantes em Star Wars. Já faz tempo que surgiram rumores de que Kylo Ren, vivido por Adam Driver, seria um vilão que poderia funcionar como o "equivalente" de Luke Skywalker dentro do Lado Negro da Força – alguém cujos atos repercutem em escala galáctica.

Mas a revista Entertainment Weekly revelou que o personagem integra os Cavaleiros de Ren, uma misteriosa ordem de guerreiros. E, pela que dá a entender a única e rápida cena de Ren todo molhado de chuva ao lado de outros homens, parece que os Cavaleiros de Ren "aprontarão" em O Despertar da Força.

Leia mais: Os 10 mais estranhos super-heróis do cinema

'Aquilo não é uma lua...'

Direito de imagem
Image caption Vemos uma onda de choque provocar destruição, mas será uma nova arma do Império?

No poster oficial do novo filme, uma esfera parecida com a Estrela da Morte parece pairar exibindo uma arma ameaçadora. E, em certo momento do trailer, vemos uma gigantesca onda de choque varrer e destruir uma paisagem. Será que ela veio dessa arma?

Além de Ren, nenhum outro vilão da cruel Primeira Ordem – a herdeira do Império – aparece no trailer. Não vemos o General Hux, de Domhnall Gleeson, nem o Supremo Líder Snoke, de Andy Serkis. Seus planos sinistros continuam sendo mantidos em segredo.

Leia mais: As cenas de sexo que 'ninguém quer ver'

Onde está Luke?

Direito de imagem
Image caption O casal formado por Han Solo e Leia parece estar sentindo a falta de alguém - Luke, talvez?

Ele é o último dos Jedis, e ainda não apareceu no pôster do filme nem no novo trailer – exceto por uma rápida aparição em um teaser anterior, em que se vê um estranho encapuzado exibindo sua mão mecânica, e que certamente deve ser Luke.

E por que a Lucasfilm está fazendo tanto mistério em torno de Luke? Parece que seu destino – o que aconteceu com ele nos últimos 30 anos desde O Retorno de Jedi – será fundamental no novo filme.

Ao que parece, ele não conseguiu cumprir com a missão de reconstruir a Ordem dos Jedis. Será que ele foi capturado pelos Cavaleiros de Ren?

No recém-lançado livro de ficção Marcas da Guerra, de Chuck Wendig, que se passa imediatamente após O Retorno de Jedi, um sombrio grupo que pode ser os Cavaleiros de Ren procura pelos restos mortais de Darth Vader e por seu sabre de luz. Será que eles também queriam "recolher" seu filho?

Bem, só vamos saber se nossas teorias têm a Força quando o filme, dirigido por J.J.Abrams, estrear, em 17 de dezembro (no Brasil).

Leia mais: Da primeira ficção científica à 'água em Marte': de onde vem nossa atração pelo Planeta Vermelho

Leia a versão original desta reportagem em inglês no site BBC Culture.