Polícia descobre 'túnel do tráfico' de quase 1 km entre México e EUA

Direito de imagem AFP
Image caption A sofisticada passagem tinha um sistema de trilhos até a cidade de San Diego, na Califórnia

A polícia do México descobriu um túnel de 800 m de extensão usado para traficar drogas para a cidade americana de San Diego, que fica na fronteira entre os países.

A passagem, que começa na cidade de Tijuana, era usada pela quadrilha do fugitivo Joaquin Guzman, chefe de um cartel local.

Na operação que desmantelou o túnel, a polícia prendeu 16 suspeitos e apreendeu 10 toneladas de maconha.

Leia também: Morte de jovem que tirava selfie em trilhos rende multa à família por atrasos nos trens

Cartéis mexicanos vem traficando drogas para os EUA por meio de túneis durante anos.

Direito de imagem AFP
Image caption A polícia diz ter apreendido 10 toneladas de maconha na operação

A polícia federal mexicana chegou ao túnel, a uma profundidade de 10 m, após semanas de investigação e "sem disparar um único tiro, surpreendendo os suspeitos de tráfico", informou a Comissão Nacional de Segurança.

A passagem, segundo a polícia, era sofisticada, com iluminação, ventiladores e vigas de metal para evitar colapsos.

Direito de imagem AFP
Image caption Entrada do túnel, que se estendia por 800 m

Autoridades não confirmaram qual quadrilha operava o túnel, mas oficiais disseram à agência de notícias Reuters, sob condição de anonimato, que a estrutura foi construída pelo cartel de Sinaloa, de Guzman, que atua na região.

Joaquin "El Chapo" Guzman fugiu em julho de uma prisão de segurança máxima, por meio de um túnel de 1,5 km de extensão, e continua foragido.

Outro túnel foi descoberto em Tijuana no começo de agosto, embora estivesse incompleto e ainda longe da fronteira com os EUA.