Em imagens: Paris acorda de pior pesadelo desde 2ª Guerra

A França viveu na sexta-feira o dia mais violento desde a 2ª Guerra Mundial.

Mais de 120 pessoas morreram e pelo menos 180 ficaram feridas - 99 em estado crítico.

A BBC Brasil selecionou algumas fotos dos ataques, a bomba e tiros, todos realizados simultaneamente em Paris.

Direito de imagem AFP Getty
Image caption Segurança foi reforçada na Torre Eiffel um dia após os ataques
Direito de imagem Reuters
Image caption Seis locais foram atacados e pelo menos 127 pessoas foram mortas
Direito de imagem EPA
Image caption Homenagem na embaixada da França em Roma usa imagem da Torre Eiffel em símbolo de paz que ficou popular em redes sociais
Direito de imagem AFP
Image caption Museu do Louvre está aberto neste sábado, mas só é possível visitar algumas partes
Direito de imagem AP
Image caption Com medo, torcedores aguardaram no campo após o fim da partida França x Alemanha; explosões foram ouvidas no estádio
Direito de imagem Reuters
Image caption França reforçou policiamento nas fronteiras; na foto, controle em Estrasburgo, perto da Alemanha, na manhã desta sábado

Leia também: 'Estado Islâmico' assume autoria de ataques em Paris que deixaram mais de 120 mortos

Direito de imagem AFP
Image caption Segurança foi reforçada em frente à catedral de Notre Dame, um dos pontos turísticos mais famosos de Paris
Direito de imagem Reuters
Image caption Velas com as cores da bandeira da França foram colocadas perto da casa de shows Le Bataclan, onde pelo menos 80 pessoas morreram

Leia também: 'Fui salvo por celular', diz testemunha de atentado em Paris

Leia também: O que se sabe até agora sobre os atentados em Paris

Direito de imagem AFP
Image caption Pelo menos 180 pessoas ficaram feridas - 99 estão em estado grave
Direito de imagem AFP
Image caption Grupo autodenominado 'Estado Islâmico' reivindicou autoria dos ataques
Direito de imagem AFP
Image caption Presidente da França, François Hollande, disse que os ataques foram um 'ato de guerra' e que foram planejados fora da França, mas com ajuda interna

Leia também: Torcedores cantam hino francês ao deixar estádio próximo a explosões

Image caption Diversas cidades pelo mundo usaram as cores da bandeira da França para se solidarizar com as vítimas do ataque. Na foto, o Cristo Redentor
Direito de imagem Getty
Image caption Sydney Opera House, na Austrália
Direito de imagem Reuters
Image caption CN Tower, em Toronto, no Canadá
Direito de imagem AP Getty
Image caption Marca de tiro no bar Le Carillon, um dos locais atacados
Direito de imagem AFP
Image caption Homenagem a vítimas em frente a embaixada francesa em Moscou
Direito de imagem AFP Getty
Image caption Funcionário faz limpeza na Rue de Charonne, onde 19 pessoas teriam morrido
Direito de imagem Getty
Image caption Mulher com rosto pintado com cores da bandeira da França chora durante homenagem na Austrália