Astronauta britânico pede desculpas por 'trote' do espaço

(PA) Direito de imagem PA
Image caption Tim Peake usou Twitter para explicar que queria falar com a família, mas discou número errado; quando ligação completou, ele falou: "Olá, aí é do Planeta Terra?"

O astronauta britânico Tim Peake usou o Twitter para explicar que seu telefonema do espaço a uma mulher desconhecida não foi um trote. Ele pediu desculpas pelo ocorrido.

Em sua conta na rede social, Peake disse que queria falar com a família na Terra, mas acabou discando o número errado.

Quando a ligação completou, ele falou: "Olá, aí é do Planeta Terra?".

O astronauta chegou à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) no último dia 15 de dezembro. Peake passará seis meses realizando experimentos científicos no espaço.

Leia também: Robôs do Google fazem as vezes de renas natalinas

Leia também: Cientistas descobrem planeta potencialmente habitável 'perto' da Terra

No início desta semana, ele ajudou dois outros astronautas a fazer um conserto no exterior da estação espacial.

Peake, ex-major do Exército, é o primeiro britânico a integrar o corpo de astronautas da ISS. Ele trabalha para a Agência Espacial Europeia.

Antes dele, a britânica Helen Sharman se tornou a primeira cidadã do Reino Unido a viajar ao espaço. Ela visitou a estação espacial soviética Mir em 1991.

Outros britânicos já foram ao espaço, mas a jornada foi feita de forma individual ou por meio da obtenção de cidadania americana.

Peake, de 43 anos, se despediu da mulher e dos dois filhos, Thomas, de 6 anos, e Oliver, 4 anos, do Cosmódromo de Baikanur, no Cazaquistão, para embarcar rumo ao espaço.

Leia também: Dilma fecha ano fortalecida contra impeachment, mas economia é pedra no sapato

Notícias relacionadas