O que vamos vestir em 2016? Confira as tendências das passarelas

De plissados ultrafemininos a listras chamativas, a BBC Culture seleciona as apostas das grandes grifes que devem decolar em 2016.

Volume máximo

Direito de imagem Getty
Image caption Mangas bufantes apareceram na coleção do norte-irlandês JW Anderson

Mangas bufantes e volumosas têm tudo para ser um grande hit em 2016. Com uma pitada do novo romantismo dos anos 80 e um toque da era vitoriana, elas devem reaparecer com força.

A silhueta extrema das roupas de JW Anderson e os vestidos diáfanos de Simone Rocha serão o exemplo que as grandes redes de fast fashion deverão seguir. Até mesmo a estilista Phoebe Philo, da Céline, tida como a rainha do minimalismo e da discrição, caiu nas garras desse formato excêntrico.

Conferido nas passarelas de: Céline, Simone Rocha, JW Anderson e Erdem.

Leia também: Após polêmica na internet, vestido mais famoso de 2015 pode ser alvo de batalha judicial

Curtiu? Siga a BBC Brasil no Facebook

Ombros à mostra

A tendência deve continuar reinando em 2016, se nos basearmos nas coleções apresentadas pela Chloé e por Peter Pilotto, entre várias outras grifes.

E o formato já ganhou uma adaptação, com a chegada do dramático estilo ombro vazado vistos nos vestidos de Derek Lam, Sonia Rykiel e Proenza Schouler, ou nos tops da Hood by Air. Um look moderno e brincalhão que combina bem com quem prefere se revelar de maneira discreta.

Conferido nas passarelas de: Rachel Zoe, Derek Lam, Sonia Rykiel, Proenza Schouler e Wes Gordan.

Leia também: Em imagens: As primeiras 24 horas na vida de um bebê

Toque hippie

Direito de imagem Getty
Image caption O tie-dye volta mais moderno e sofisticado, como na passarela de Narciso Rodriguez

Polarizador ao extremo, o tie-dye está pronto para deixar sua marca neste ano. A estamparia no estilo boho cria vibrações viajantes onde quer que apareça.

E o tie-dye moderno tem um toque sofisticado e hippie-chic, como se viu na chemisier de Joseph Altuzarra, nos belos tons pastéis de Emilio Pucci e um incrível vestido de Narciso Rodriguez.

Conferido nas passarelas de: Baja East, Thakoon, Narciso Rodriguez, Emilio Pucci e Joseph Altuzarra.

Amores calientes

Será impossível escapar dos plissados em 2016, com vários estilistas trazendo um toque dessa influência latina para suas coleções.

Um look de inspiração no flamenco aparecem no tom alaranjado em roupas da Balmain, em tops de JW Anderson e nos vibrantes vestidos de babados de Salvatore Ferragamo. Mas talvez o uso mais primoroso do recurso seja um vestido longo branco criado por Sarah Burton, da Alexander McQueen, uma obra-prima da engenharia dos plissados.

Conferido nas passarelas de: Michael Kors, Alexander McQueen, Roberto Cavalli, Osman, Balmain, JW Anderson, Proenza Schouler e Salvatore Ferragamo.

Leia também: Como estrangeiros - inclusive brasileiros - estão ajudando a salvar uma tradição japonesa

Brilho total radiante

Direito de imagem Reuters
Image caption Criações dos estilistas Maria Grazia Chiuri e Pier Paolo Piccioli para Valentino

Looks metálicos e cintilantes vão se destacar em 2016, com ênfase no uso de tecidos refletores e de elaboradas aplicações de lantejoulas. A cor prata deve dominar, como foi visto na coleção de vestidos de Victoria Beckham e nos belos shortinhos de Isabel Marant.

Abrindo alas para as lantejoulas estão Emilio Pucci, com criações azuis eletrizantes, Marc Jacobs e seu estilo geométrico, e Tom Ford, cujo longo em patchwork atraiu todas as atenções. E, se depender das inovadoras peças da Loewe e da Marni, o efeito de espelho quebrado também deve imperar.

Conferido nas passarelas de: Tom Ford, Loewe, Lanvin, Vetement, Marni, Isabel Marant, Emilio Pucci.

Viva os anos 50

Uma onda retrô está tomando a moda masculina na temporada, principalmente nas referências à moda dos anos 50. As camisas aparecem em tecidos texturizados, enquanto polos em tamanho grande estão em evidência nas coleções de Louis Vuitton e Lanvin.

A silhueta retrô também foi interpretada por Dries van Noten, que acrescentou detalhes bordados, por Raf Simons e seus xadrezes, e E Tautz, com fortes estampas monocromáticas. Uma tendência que é bastante usável.

Conferido nas passarelas de: Lanvin, Louis Vuitton, Canali, Umit Benan, E Tautz.

Leia mais: 'Sex and the City' africana retrata lado glamouroso do continente

Plantas para todos os gostos

Direito de imagem Getty
Image caption Estampas de plantas chegaram ao guarda-roupa masculino, mas tendência é para os mais extravagantes

Estampas botânicas têm sido uma grande tendência da moda feminina há várias estações. Em 2016, elas devem chegar ao guarda-roupa masculino.

Recomendada para os mais extravagantes, esse tipo de estamparia é divertido e luxuoso ao mesmo tempo. Os vibrantes ternos da Gucci devem fazer sucesso, enquanto a grife Dolce & Gabbana criou trajes em cores escuras e uma glamourosa estampa de plantas. Já a ousada JW Anderson oferece um gritante contraste entre branco e azul-turquesa.

Conferido nas passarelas de: Hermès, Saint Laurent, Dolce & Gabbana, Gucci, JW Anderson.

Enrole-se

O cachecol longo deve ser um dos principais acessórios masculinos em 2016. Com um ar ligeiramente libertino, o look garante um toque de rock star. A Gucci apresentou modelos em estamparia floral, enquanto criações mais sóbrias povoam as coleções de Emporio Armani e Saint Laurent.

A peça em azul-cobalto da Burberry Porsum tem tudo para virar febre. Está aí uma maneira de dar uma pitada sintonizada e lânguida no guarda-roupa do ano novo.

Conferido nas passarelas de: Burberry Porsum, Emporio Armani, Gucci, Saint Laurent, Missoni.

Leia mais: Por que a TV não está pronta para o horror explícito de 'Hannibal'

Mostre suas listras

Direito de imagem Getty
Image caption A Tiger of Sweden aposta na preferência por listras grandes e marcantes

As listras vão ser um item de primeira necessidade na moda masculina neste ano que se inicia. Mas não da maneira como estamos acostumados.

Esqueça os tradicionais ternos risca-de-giz: a nova interpretação do look é exageradamente gráfica. O ousado duo Agi & Sam criou ternos que ficam soltos no corpo e exibem listras igualmente grandes, enquanto os paletós elegantes de Haider Ackermann dão uma nova cara à tradição. Já o terno azul e preto da Tiger of Sweden promete ser um dos destaques de 2016.

Conferido nas passarelas de: Haider Ackermann, Agi & Sam, Tiger of Sweden, Bottega Veneta, Phillip Lim.

Curta o curto

Direito de imagem Getty
Image caption Os shorts masculinos vão encurtar no verão, mas visual pode ser difícil de acertar

Para os meses de verão, shorts curtinhos serão uma tendência para os homens mais corajosos e fashionistas. A Prada e a Gucci apostam no look com tons vibrantes e uma variedade de tecidos. A J Crew também entrou no jogo, com cores mais discretas e tecidos hi-tech. É verdade que se trata de um visual difícil de acertar. Mas quando isso acontece, o resultado é cool em todos os sentidos.

Conferido nas passarelas de: Top Shop Design, Prada, Gucci.

Leia mais: Por que vemos cada vez mais sexo nas séries americanas?

Leia mais: Coque postiço vira febre entre homens nos EUA

Leia a versão original desta reportagem em inglês no site BBC Culture.