BBC Online Network Fale com a gente
O Mundo Hoje
Especial
BBC e Você
Ivan Lessa
Sobre a BBC
Aprenda inglês

BBC Rádio
Programação
De Olho no Mundo
Como sintonizar
BBC e Você

Fórum:
Pinochet deve ser libertado?

Por que condenar o general em espanha quando os crimes foram no Chile, com a cumplicidade de tantos governos e povos que exigem justica. Deixai o povo chileno crescer e ajudai a justica hoje em África.
Alfredo Almeida, Luanda, Angola

Alguém um dia disse que "cada povo tem o governo que merece". Os chilenos, por culpa própria, em sua maioria apoiaram esse governo. E as minorias são sempre as sacrificadas. Que a justica seja cumprida para o bem da humanidade.
Armindo Alcarva, Macaé

Esses são apenas dois comentários que a BBC recebeu sobre o caso Pinochet. Leia mais comentários abaixo e envie sua opinião!


Sua opinião:

Não. O caso Pinochet é o primeiro passo para Justiça Internacional, nos moldes da Ilustração. Pinochet deve ser punido pelo que fez, para que crimes barbáros não se repitam e para os que são praticados hoje possam acabar.
Marcelo Maia, Rio de Janeiro

A minha opinião sobre Pinochet é a mesma do jornalista Hélio Fernandes da Tribuna da Imprensa - RJ, publicada há 30 anos,quando do falecimento de Salazar em Portugal. Esta matéria foi reproduzida no mesmo jornal (3/02/2000), em alusão ao caso Pinochet.
José Eduardo de O.Bruno, São Paulo

Acho que os espanhóis e os ingleses fizeram o fundamental, que é dizer para o mundo que aí estava um criminoso vivendo do botim, e não um estadista em férias. Agora eu gostaria de ver Pinochet enfrentando a justiça chilena mesmo, apesar de não achar injusta a extradição e julgamento na Espanha.
Heloisa Pait, São Paulo

Pinochet deve ser julgado pelo mesmo povo que o manteve. A Espanha, após entrar na U.E. arvora-se de defensora de pessoas torturadas em paises além-mar. Considero isto como uma recaida colonialista. Por que não processaram seus torturadores internos? Por que não processam outros atuais e ex-ditadores? Que o torturador Pinochet deva ser julgado e com certeza condenado, isto somente o povo chileno poderá fazer.
Sergio A.Carnevali, Belo Horizonte, MG

É mais do que provado que a impunidade e a corrupção são males mais do que presentes no mundo. Perdoar Pinochet implica em dar carta branca a todos os candidatos a corruptos e assassinos.
Pedro Moura, São Paulo

Nunca! Na minha opinião Pinochet deve ser julgado na Espanha com o rigor da lei. Acredito na justiça e espero que ela se manifeste mesmo que tardiamente como neste caso. As veias abertas na América Latina de indignação contra este monstro político não podem ser estancadas simplesmente porque o velho esta moribundo. Mesmo depois da sua morte caso isso venha a acontecer, jamais se terá perda de objetivo, num caso de um torturador e assassino como este. Que se faça justiça é o que espero do Ministro Britânico. Sinceramente.
João Campos, Londrina

Deve ser libertado. Todo ditador é aboninavel e deve ser julgado quando está lúcido e não gagá. Que tal julgarmos Fidel Castro?
Flavio Pinatel Badra Jr., São Paulo

O general Pinochet deve ser libertado das garras européias para ser julgado pelos próprios chilenos. Diplomacia e laudos médicos à parte, o que deve-se respeitar e levar em conta neste momento é a autoridade do povo chileno - muito mais soberana para julgar os seus que são acusados de crimes em seu território que os espanhóis. Estes últimos, diga-se de passagem, que cometeram uma história de crimes em toda a América Latina e, por um membro do poder judiciário daquele país, querem se auto-colar o primeiro-mundista adesivo de arautos dos Direitos Humanos. Adalberto Flaviano Piotto, São Paulo

Por que condenar o general em espanha quando os crimes foram no Chile, com a cumplicidade de tantos governos e povos que exigem justica. Deixai o povo chileno crescer e ajudai a justica hoje em África.
Alfredo Almeida, Luanda, Angola

A justiça deve começar de algum lugar. Deve ser dado o exemplo da punição para aprendermos a força que pode ter uma nação e seu povo. A extradiçao para o Chile poderia acabar em nada, "em pizza", por causa de antigas alianças. Somente uma condenação poderia mostrar ao chilenos a força que eles podem ter. Nada deve ser esquecido e nada deve ser deixado para trás. Que o povo argentino também siga o exemplo.
Silvio Destro, Catanduva

Pinochet deve ser julgado pelo assassinato de 2.300 pessoas, torturas, sequestros, prisões ilegais e outros delitos de lesa-humanidade cometidos pelo seu regime fascista.
Victor Jara, Porto Alegre

Criminoso é criminoso e todos fazemos parte da Humanidade. Não podemos ser egoístas, considerando que somos brasileiros e que os chilenos resolvam seus problemas. Temos que apoiar a Justiça mesmo que às vezes tenhamos de limpá-la também. Homicidas, ladrões, corruptos, malfeitores, enfim, todo o tipo de criminoso tem de ser combatido e punido. Não importa o país, a raça, etc. Porém todas as mudanças necessárias devem começar dentro de cada um de nós, seres ainda humanos.
Marcelo Montes, Rio de Janeiro

Matar pessoas porque pensam de maneira diferente é correto? Torturar pessoas mesmo que estejam erradas é lícito? A tortura é uma coisa hedionda, covarde. Não importa o país onde ocorra, pois é um crime contra os direitos da pessoa. Creio que o responsável por isso deva ser julgado, seja Pinochet ou quem for culpado.
Cassiano Macedo, SP

Na minha opinião, Pinochet não é digno de piedade. Mesmo com idade avançada, ele tem que pagar pelos atos tão desumanos!
Rodrigo Muniz De Farias Cordeiro, Pouso Alegre, MG

Sem dúvida,como salienta o sr. Vanildo de Oliveira, o militar chileno Pinochet deve ser punido por si, pelos crimes cometidos, e também para exemplo às demais pessoas cruéis que atuam suas patologias sobre pessoas. Deve ele pagar o preço de sua decisão de se colocar na posição de supra-humano com poder sobre os humanos.
Sonia Maria Alves de Campos, São Paulo

Os ingleses ou outra nação qualquer teriam julgado Cromwell?Teriam julgado Franco?
Rafael Bertoluci, São Paulo

Pinochet debe ser condenado. El terrorismo es imperdonable e injustificable, pero cuando quien lo ejerce está en el poder es mas condenable aun.
Ruben Rocha, Uruguay

Sim. Apenas o povo chileno o pode julgar.
Rafael Cavalcanti Lemos, Recife

Acho que o Pinochet deve ser punido, não importando a idade, mas sim as causas (verdadeiras) da punição (justa). Se estiver doente deve ser tratado no Hospital da prisão.
Umberto Ferreira, Santa Maria

O Pinochet, assim como todos os generais e outros cabeças dos movimentos ditatoriais da América Latina merecem serem julgados e condenados. É o mínimo que esses cretinos inimigos da democracia merecem. Prisão para eles!!!!!
Dudão Melo, São Paulo - SP

A avaliação que se faz deste caso deve reunir, primeiramente, a violência que foi usada contra seres humanos. A história tem relatado deste o começo das Ditaduras que a ambição pelo poder foi muito maior que o respeito pelos direitos básicos do ser humano. Portanto, a título de fazer valer uma nova concepção de direitos, para que estas atrocidades possam fazer parte do passado, deve-se punir com toda a força da legislação e dos aspectos morais este ditador.
Renato Jabur Gomes, Londrina, Paraná

Jesus disse: "aquele que não tiver pecado, que atire a primeira pedra". Quem somos nós para julgar Augusto Pinochet, se elegemos um presidente que usa o nome da Democracia para vender nosso país e jogar milhares de trabalhadores paraa a rua da amargura, sem emprego, sem saúde, sem educação. Se não conseguimos enxergar essa barbaridade que não passa de uma "Ditadura" mascarada, conseguiremos enxergar o que o povo chileno deseja? Devolvam o Sr. Pinochet ao povo Chileno, e eles decidirão o seu destino. Vamos cuidar do nosso país e condenar nossos governantes.
Jalmir Donino Mattos, Florianópolis

A discussão sobre Pinochet traduz não somente um caso específico, mas também a problemática da legitimação ou não dos excessos que são cometidos em uma revolução. Para analisar o caso Pinochet, cabe lembrar Aldo Huxley, para o qual uma revolução que use de violência não pode ser declarada legítima. Logo, o julgamento de Pinochet não se traduz em perseguição injusta ou justiça popular, mas de julgamento de excessos, os quais não podem ser tolerados, sob pena de inversão dos pólos.
Roberto de Mello Severo, Londrina, Paraná

Aqueles que não são tolerantes com as diferenças de pensamento, valores morais, valores culturais do vizinho, não devem aguardar tolerância dos outrora intolerados. A impunidade é um dos catalisadores da intolerância, do ódio e do espirito de vingança. Historias de saúde, mesmo que possam constituir atenuantes, são inconsideráveis contra o peso de agravantes.
Alvarenga, Nancy, França

Alguém um dia disse que "cada povo tem o governo que merece". Os chilenos, por culpa própria, em sua maioria apoiaram esse governo. E as minorias são sempre as sacrificadas. Que a justica seja cumprida para o bem da humanidade.
Armindo Alcarva, Macaé

Pinochet não deve ser libertado. Deve ser condenado e morrer na cadeia para que quando novamente venham os ventos da DITADURA e quando novos DONOS DA VERDADE e DA VIDA dos outros decidam atuar, pelo menos possamos dizer a eles que olhem para aquela lápide e lembrem o que um povo livre e crente na liberdade faz com os criminosos.
Jose Carlin Bustamante, Ilo, Peru

A questão da deportação e julgamento de Pinochet não deve ser abordada apenas em seus aspectos políticos ou jurídicos. Deve evidenciar aos futuros ditadores que seus atos não ficarão protegidos por fronteiras. Atos contra a humanidade não respeitam nacionalidade, sexo, credo ou religião. Logo, não se deve invocar nacionalidade, idade, etc., para proteção dessa espécie de criminoso. Quem não deve não teme.
Alexandre Paschoalin Maurin, Ribeirão Preto, SP

O ditador Ausguto Pinochet não deve ser libertado, porém deveria ser condenado na sua própria nação. Mesmo apesar de sua idade avançada ele deve pagar pelas atrocidades cometidas contra o povo chileno. Apesar de ele ter salvo o Chile do Socialismo não justifica matar injustamente milhares e milhares de cidadãos indefesos.
Ricardo Antunes de Almeida, Jacarezinho, Paraná

É lamentável países como o nosso Brasil e o Chile não terem a competência de aprisionar essa legião de assassinos que matou milhares de jovens e entregou por total nossas economias. Se nossos países não os julgam e ainda por cima ou lhe oferecem aposentadorias ou cargos como de Senador vitalício, é mais do que legítimo que países que tenham JUSTIÇA os julguem. Parabéns à justiça Britânica e à Espanhola e principalmente ao juiz que pediu a extradição. Ele é um exemplo ao mundo.
Allan Robson, Ribeirão Pires, SP

Pinochet DEVE ser libertado. Seu governo transformou o Chile no país mais organizado e mais próspero de toda a América Latina. Embora tenha assumido o poder pela violência, era uma atitude de guerra - e Luís Carlos Prestes afirmava que ninguém vai à guerra com brandura. Como homem de visão e competência, que mesmo seus adversários começam a reconhecer,fez com que o Chile escapasse à nefasta histeria anticomunista que dominou e domina o debate político na América Latina até hoje (como vemos por alguns comentários desta seção), e se preocupasse em resolver seus problemas nacionais; adotou para seu país um modelo econômico liberal quando pôde e intervencionista quando necessário; em seu governo realizou-se a melhor experiência de reforma agrária do continente, e hoje aquele país pequeno e semi-árido exporta mais frutas e recebe mais turistas que o Brasil. PINOCHET ESTÁ PRESO APENAS POR TER SIDO UM LÍDER MAIS EM EVIDÊNCIA QUE OUTROS, que não tiveram a mesma capacidade de administrar suas nações.
Rafael Bertoluci, São Paulo

Não deve ser libertado alguém que violou todos os principios de liberdade e democracia.
Sergio Fajardo, Mandaguari

O General Pinochet ora está sendo tratado numa oportunidade de acesso a um dos responsáveis pela sustentação da ditadura militar no Chile. E com nuances de desrespeito às convenções internacionais de soberania das nações. Sem ter objetivos dados sobre os micro-contextos que envolveram o ex-ditador (?) chileno senador vitalício(...), tenho uma perspectiva de que nações como a Inglaterra e a Espanha, senão outras mencionadas no caso após sua detenção em Londres, no mínimo fariam dele um bode expiatório de um processo bancado publicamente e em bastidores...
Tarcísio Santos de Salles, Mineiros, GO

Claro que Pinochet NÃO pode ser libertado. A decisão de seu caso servirá como referência para outros julgamentos de pessoas que violam os direitos humanos. Ele não foi o único ditador que que cometeu crimes, nem será o último, mas seu destino com certeza terá influência em casos semelhantes e não se trata apenas de fazer justiça aos chilenos, mas sim a cidadãos do mundo todo, que serão beneficiados pela decisão de um tribunal internacional e imparcial que será referência para casos semelhantes em outros países.
Vicente Lou, Londres

Creio que, sem dúvida, o Gen. Pinochet deve ser julgado por seus crimes. Contudo, preocupa-me o fato que uma outra nação, que não o Chile, coloque-se no papel de JUIZ internacional. Se fosse com o Brasil, aceitaríamos isso? Não é, esta atitude, uma "afronta" à soberania do Chile? E quanto aos outros ditadores? Não nos esqueçamos que todas as ditaduras na América Latina foram violentas e todas, sem exceção, se mantiveram no poder graças ao apoio americano e à omissão européia.
Wagner Antonio Montoz, Marília, SP

Quem argumenta que o ditador assassino Pinochet estava combatendo o "mal do comunismo" e por isso se justifica todas as torturas e assassinatos cometidos por esse animal, deve ser tão debilóide quanto ele. O comunismo nunca ameaçou o planeta, tanto que acabou por sí só. Qualquer criança sabe que a guerra fria só atendia aos interesses dos grandes fabricantes de armas e o comunismo foi só uma justificativa para manter ditaduras cruéis como a do Chile, do Brasil e outros países que garantiam os interesses das grandes potências, principalmente os americanos. Pinochet deve ser julgado e condenado!
Renato bastos Jr, Londrina, PR

Pinochet, novamente este Sr. aparece para o mundo, só que agora a história o colocou no lugar onde merece: na cadeia. Lugar onde seu próprio povo deseja que ele permaneça. Creio que os chilenos, na sua maioria, desejam isso, mesmo que por outras vias, como está ocorrendo.
Marco Antonio Marcondes, Bragança Paulista, SP

O General Pinochet deve ser julgado pelos crimes que cometeu.
António Baptista, Almada, Portugal

O ditador chileno deve ser extraditado e tão condenado pelos seus crimes quanto os espanhóis que, na impossibilidade de ressuscitar seus antigos reis e exploradores da América Latina, deveriam pagar pela miséria que cravaram no DNA das antigas colônias. É, no mínimo risível, espanhóis conquistadores, exploradores e implacavelmente desrespeitosos com os direitos de verdadeiras civilizações no passado estejam agora na condição de baluartes da defesa dos direitos humanos. Poderíamos trocar: os espanhóis julgam Pinochet enquanto depositam nas contas latino-americanas bilhões de dólares em ressarcimento aos danos causados a gerações inteiras no passado que têm reflexos no dia a dia mais que presente desses países.
Adalberto Flaviano Piotto, São Paulo

Te recordo Amanda Amanda, a rua molhada
Correndo para a fábrica onde trabalhava
Manoel que marchou para a guerra.
Soando a sirene de volta ao trabalho
muitos não votaram, tampouco Manoel.
O general assassino Pinhochet deve ser julgado e condenado pelos crimes que cometeu contra os Manoels e Amandas do mundo.
Sérgio Dente, Diadema, SP

AUGUSTO PINOCHET É VITIMA DO REVANCHISMO DE ESQUERDA QUE ESTÁ NO PODER NO REINO UNIDO. GOSTARIA QUE A RAINHA ELIZABETH II DA GRÃ-BRETANHA TIVESSE O PODER DE DECISÃO NESTA DISPUTA JUDICIAL,POIS ELA É UMA AUTORIDADE É JUSTA E IMPARCIAL. ESTE HOMEM (PINOCHET), AJUDOU A COMBATER ESTE MAL CHAMADO COMUNISMO.
Adelmo Vieira, São Paulo

Sou contra a pena de morte, mas essa seria uma pena branda demais para um criminoso do tipo de Pinochet. Ele deve continuar vivo e preso, sofrer o que milhares de famílias sofreram durante sua ditadura. Quantas foram as mães, irmãs e viuvas padeceram a falta de seus familiares quando perseguidos por um governo autoritário e sem propósito. Pinochet fez tudo o que os imperialistas norte-americanos quiseram. Agora que seja entregue aos vermes nos porões, assim como ele fez com milhares de presos políticos.
Chico Lobo, São Paulo

Pinochet deve ser libertado. Pinochet salvou o Chile e a América Latina do perigo do socialismo que devasta Cuba e que sufocou a Rússia e outras Repúblicas vizinhas. Aqueles que se colocaram no caminho de Pinochet e aqueles que lutaram pele liberdade no Chile o fizeram por livre e espontânea vontade. Foram derrotados e pagaram o preço pela sua escolha.
Eduardo Santos, Porto Alegre

Não. Pinochet deve pelo menos ser julgado pelo que fez aos chilenos. Espero que ele tenha saúde para isto. Lamento que ele não esteja sendo acusado por tudo o que fez no Chile. Espero que o mesmo ocorra com outros governantes que não exitaram em torturar, roubar e até mesmo matar seus compatriotas.
Gerson Pauluno dos Santos, São Paulo

Não sou advogado nem entendo de Direito Internacional, portanto fica difícil analisar os meandros jurìdicos do problema. Como leigo, entretanto, sou contra a libertação do general chileno. Não aceito os argumentos de libertá-lo por "razões humanitárias" devido à saúde frágil de Pinochet pelo simples motivo que ele e seus colaboradores diretos e indiretos da ditadura chilena pouco se importaram com "razões humanitárias" quando torturaram e mataram milhares de pessoas.
Ricardo Brandau Quitete, São José do Rio Preto, SP

SIM, Pinochet deve ser libertado. Considero-o culpado, nao tenham dúvida disso, mas que façam como em Nuremberg onde toda a trupe de animais foi perseguida e capturada, inclusive "os colaboradores". Se isso fosse feito alguns políticos europeus teriam muuito trabalho em se livrar de acusações de colaboracionismo. Mas a ação busca outra coisa, e nao consigo entender qual. Se a ação tivesse como finalidade execrar TODOS os canalhas que permitem que ditadores apareçam e façam de sua animalidade a arma da maioria, certamente eu estaria de acordo. Mas como não é esse o objetivo, fico com a sra. Tatcher que, mesmo não sendo um(a) político(a) de mesma linha ideológica minha, teve a coragem e grandeza de viver com a realidade que ela acreditou.
Vera Cristina Goncalves de Oliveira, São Paulo

Desculpe-me a Sra.Tatcher, mas acho que o velho general não deve ser libertado.Para este tipo de crime não deve haver perdão. É preciso que se dê o exemplo, para que deseparecam para sempre, da face da terra, ditadores sanguinários como o referido senhor.
Gerson Pinto Ribeiro, Belo Horizonte, MG

Cadeia nele, seja onde for! Esse senhor é um crápula! Nunca respeitou soberania nem os direitos humanos. Agora vem dizer que a decisão de extraditá-lo e julgá-lo na Espanha fere a soberania do Chile. É ridículo. Estamos ou não estamos num mundo Globalizado? Se isso ábom ou ruim, é outra história. Atrocidades do tipo que foram cometidas por Pinochet devem ser passíveis de julgamento em qualquer lugar do mundo, não importando o status, cargo ou nacionalidade do criminoso. Cadeia nele!!!!
Helio Freitas, São Paulo

Todos ditadores, sem exceção, deveriam pagar por seus crimes. Acho que Pinochet deveria ir para a Espanha para ser julgado....
Flavio Venosa

É melhor que Pinochet não volte para o Chile e que seu estado de saúde não afete o veredito rígido que ele deve ganhar. Uma severa condenação do ditador vai servir como aviso para outros militares e líderes com sede de poder em todo o mundo.
Guto Barra, Nova York

Não. O Sr. Pinochet não deve ser libertado. Há que existir, em algum lugar do planeta, um tribunal que julgue os nefandos atos praticados por esse senhor contra seu povo e que maculou toda a Humanidade. Cabe discutir também, aproveitando o mote Pinochet, a necessidade de um Tribunal Global onde cada país teria direito a um voto e questões desse tipo seriam discutidas. Afinal de contas, parodiando o Sérgio Porto, "Ou restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos!! "
João Linneu do Amaral Prado Filho, Jaú - SP

Por mais justa que seja uma punição a Pinochet, acho questionável a autoridade dos europeus para julgar esse caso. Talvez a grande oportunidade trazida à tona pelo episódio do vovô assassino seja a urgência do estabelecimento de regras internacionalmente aceitas para julgamentos dessa natureza. Caso contrário, já podemos nos preparar para a ocupação da Amazônia, acusados de crime contra a biodiversidade.
Ale Faljone, São Paulo

Espero apenas que seja uado de bom senso nesse caso. Somente as leis devem ser levadas em consideração. Gostaria que nenhuma artimanha política seja usada de última hora.
jclaudio, Garanhuns - PE

O General Pinochet não deve ser libertado porque cometeu crimes contra a democracia quando derrubou o Governo Salvador Allende legitimamente eleito pelo povo chileno e, principalmente, por ter cometido crimes contra toda humanidade quando organizou um governo terrorista que instituiu a tortura e o assassinato de seus opositores como norma, não respeitando sequer as fronteiras de outros países, como no caso do Chanceler Letellier assassinado pela DINA (sua polícia secreta) nos EUA. Seus crimes não respeitaram nacionalidades nem fronteiras, logo são internacionais e como tal devem ser punidos, visto que em seu país, por artimanhas jurídicas criadas antes de sair do poder, havia tentado garantir sua impunidade. Julgar Pinochet antes de tudo é um ato civilizatório!
Sérgio Dória Partamian, São Paulo

O Sr. Pinochet tem que ser condenado por tudo aquilo que fez desde 1973. O mundo tem que saber que o Sr. Pinochet foi responsável por milhares de mortes e arbitrariedades. O filme "A Casa dos Espíritos" inspirado no Best-Seller de Isabel Allende mostra um pouco do que viveu aquele povo depois do Golpe de 1973, onde a tortura, a morte e o medo era uma constante. Espero que a condenação de Pinochet seja um exemplo para que não exista mais ditaduras no mundo.
Alcides Martins Fontes Junior, São Paulo

Acho que a idade já avançada não muda em nada a sua prisão. Pois com 83 anos e com saúde debilitada, na prisão Pinochet não teria tempo para rever os danos por ele causados à população chilena. Mas acho que deve ser punido, pois isso serviria de exemplo às autoridades de outros países,como por exemplo o Brasil. Não podemos viver diante de tanta corrupção, tortutas, etc.
Vanildo de Oliveira, Bebedouro - SP


Participe:

Nome:

Cidade:

País:

E-mail:

Telefone (opcional - incluir código de área):

 

A BBC reserva o direito de tanto editar e publicar os comentários e perguntas recebidos e a utilização dos mesmos nos seus programas em portugûes para Brasil.

 

Nesta seção


Tira-teima
O que muda na Internet com a fusão AOL - Time Warner?

Fórum
A globalização beneficia o Brasil?

Fórum
Pinochet deve ser libertado?

 

 

    Para cima    
© BBC World Service
Bush House, Strand, London WC2B 4PH, UK.
Notícias e áudio em 43 línguas
s