BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 01 de setembro, 2004 - 11h28 GMT (08h28 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Ivan Lessa: O som da comida
 
Ivan Lessa
Até agosto deste ano, eu achava que o máximo que uma boa refeição entre amigos poderia oferecer era a ausência de ruídos no mastigar. Quadrado que sou, errei redondamente.

Quem o diz, e insiste em provar, é Heston Blumenthal, que eu agora tomo a liberdade de apresentar a quem me lê e ouve. Heston é dono e mestre-cuca do Fat Duck (Pato Gordo), um restaurante situado na cidadezinha de Bray, no condado de Berkshire, agraciado com três das cobiçadas estrelas distribuídas pelo guia Michelin.

Heston é ainda o responsável pelo lançamento, sem qualquer sucesso, do primeiro sorvete com sabor de bacon com ovo e também do mingau de lesma, se me permitem o mau gosto de citar ambas especiarias.

Heston está agora de volta aos noticiários e, na sua condição de um dos principais chefs britânicos, servindo regra na mesa. Segundo ele, a audição é o "sentido esquecido" na arte de comer.

Para Heston, o som da comida, por assim dizer, contribui um colosso para as degustações gastronômicas, tanto em sua apreciação quanto em sua compreensão.

Baseado em sua teoria, e tendo os fundos mais que suficientes, Heston montou um sistema de som com a ajuda de um psicólogo credenciado pela Universidade Oxford que deverá ser introduzido nos próximos 60 dias em seu restaurante.

Os fregueses fazem a devida reserva, deixam as papilas gustativas de molho e, no dia marcado, ao chegarem no Pato Gordo, a primeira coisa que o mâitre faz, antes de encaminhá-los às suas mesas, é dar a cada um deles um microfone e fones de ouvido.

O objetivo é captar cada uma daquelas onomatopéias que conhecemos das histórias em quadrinhos e contamos sempre em não dar com elas de viva – digamos assim – voz.

O som é transmitido para um caixa acústica que os barulhentos glutões regulam de acordo com seu gosto, digo, de acordo com sua audição.

Nos textos publicados a respeito, não se mencionou nenhum som pós-prandial. Antes assim.

 
 
Arquivo - Ivan
Leia as colunas anteriores escritas por Ivan Lessa.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade