BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 27 de outubro, 2004 - 11h57 GMT (08h57 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Cozinhe com o Google
 
Ivan Lessa
Que o Google pegou, todo mundo sabe. Já vi em mais de uma folha brasileira, dita respeitável, o verbo “googlar”, entre aspas, vá lá que seja, mas é assim que as grandes coisas começam – entre aspas.

Em inglês, to google já é comum, perdeu as aspas. Deve estar nas próximas edições dos bons dicionários. Se é que já não está em alguns.

Não há dia que eu não dê uma chegada ao querido companheiro mecanismo de busca.

Seja para levantar o pregresso policial de um inimigo, seja para conferir o naipe de metais de uma grande orquestra americana dos anos 40.

Sei, e acho que todos sabem, que ele é capaz de efetuar contas, algumas delas bem complicadas, e também traduz melhor que muito tradutor profissional de romance barato policial americano.

Google também blogueia e cuida de nossa sintaxe. Uma coisa, no entanto, eu não sabia. Google cozinha.

Mais precisamente, Google nos ajuda com receitas.

O amigo ou amiga que faça o teste.

De preferência, geladeira de solteiro. Chegue até lá e veja o que está sobrando.

Aqueles restos, não é mesmo? Que todo mundo jura que não há o que fazer com eles, o negócio é sair e pegar qualquer coisinha no restaurante da esquina.

Absolutamente. Confira a geladeira de novo, tome nota do conteúdo e, em seguida, abra o computador e taque tudo lá na janelinha do Google.

Por exemplo, eu botei assim: ovo, farinha, cebola, alho. Daí cliquei.

Dos documentos abertos diante de mim, logo o primeiro era o www.wmulher.com.br, repleto de receitas.

Salada de agrião, tomate e cebola. Filé de peixe. Legume na manteiga. Doce de abóbora. E mais umas três páginas.

O fato de eu não ter agrião, tomate, peixe ou abóbora na minha geladeira virtual era secundário. O importante é que lá estavam algumas sugestões.

Só faltava me dizer para ir bater na porta do vizinho e pedir uma postinha de peixe ou um naco de abóbora.

Mais: os vegetarianos também têm vez e há até mesmo a possibilidade de se fazer uma controvertida dieta, feito a Atkins.

Agora, vou tentar a sobremesa. Na janelinha googlina, digitarei: chocolate, ovo, açúcar, caramelo e amendoim. Daí verei no que dá.

 
 
Arquivo - Ivan
Leia as colunas anteriores escritas por Ivan Lessa.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade