BBCBrasil.com
70 anos 1938-2008
Español
Português para a África
Árabe
Chinês
Russo
Inglês
Outras línguas
 
Atualizado às: 30 de setembro, 2005 - 02h56 GMT (23h56 Brasília)
 
Envie por e-mail Versão para impressão
Lula elogia Chávez e 'excesso' de democracia na Venezuela
 

 
 
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, na cerimônia de assinatura de Atos Brasil-Venezuela. Foto: Ricardo Stuckert/ABr.
Lula disse Chávez “era meio demonizado no Brasil”
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez nesta quinta-feira, em Brasília, uma série de elogios ao líder venezuelano Hugo Chávez e afirmou que “ninguém” pode acusar a Venezuela de “não ter democracia”.

“Eu não sei se a América Latina teve um presidente com as experiências democráticas colocadas em prática na Venezuela”, disse Lula. “Poder-se-ia até dizer que (a Venezuela) tem excesso (de democracia).”

De acordo com o presidente, Chávez “era meio demonizado no Brasil” e “comeu o pão que o diabo amassou nos seus primeiros quatro anos de mandato”.

“Mas este homem, que apanhou como pouca gente apanhou, hoje, se transforma em um companheiro da maior importância”, afirmou Lula. “E o Brasil teve um papel importante, ajudando, conversando, dialogando.”

O presidente também ironizou possíveis comparações entre ele e o líder venezuelano ao dizer que “jamais poderia fazer as coisas que o Chávez faz” porque o venezuelano “é mais jovem” e o país dele “tem muito mais petróleo” do que o Brasil.

Acordos

Os presidentes de Brasil e Venezuela se encontraram para a assinatura de acordos que prevêem investimentos conjuntos de mais de US$ 4,7 bilhões na área de petróleo, incluindo a construção de uma refinaria de US$ 2,5 bilhões no Porto de Suape, em Pernambuco.

“Nós estamos fazendo não apenas um empreendimento econômico, mas uma aliança entre povos, que, a partir de agora, vão compartilhar o potencial energético”, afirmou Chávez.

Os acordos também incluem projetos de criação de uma joint-venture para a exploração de gás na Venezuela e uma parceria para exploração conjunta de um campo de petróleo na faixa do Orinoco, na Venezuela.

Após a cerimônia, Lula e Chávez seguiram para um jantar no Palácio do Itamaraty que marcou a abertura da Cúpula da Comunidade Sul-Americana de Nações, em Brasília.

Durante o dia, os chanceleres dos 12 países que formam a entidade sul-americana criada no ano passado, em Cuzco (Peru), também se reuniram para acertar os detalhes finais dos documentos que serão assinados durante a cúpula.

Integração

Na cerimônia ao lado de Chávez, Lula afirmou que a Comunidade Sul-Americana de Nações “tem que ser integrada, sobretudo, do ponto de vista da infra-estrutura porque sem comunicação, sem energia, sem pontes, sem ferrovias, sem hidrovias, sem estradas, sem aeroportos, haverá discursos, mas não integração de verdade”.

“O mais importante é a gente dar uma reparada no mapa da América do Sul e ver a quantidade de obras que está sendo executada”, acrescentou o presidente. “E, certamente, isso incomoda. Incomoda porque as pessoas estavam habituadas a decidirem e nós a dizermos ‘amém’.”

O encontro em Brasília será encerrado nesta sexta-feira com a presença de Lula, Chávez e dos presidentes de mais quatro países da região. Os principais ausentes serão os presidentes do Uruguai, Tabaré Vázquez, e da Colômbia, Álvaro Uribe.

Os presidentes da Argentina, Néstor Kirchner, e do Paraguai, Nicanor Duarte, também vieram ao Brasil e participaram do jantar de abertura da cúpula na noite de quinta-feira. Mas a expectativa era de que os dois deixariam Brasília na manhã desta sexta, antes da reunião de encerramento do encontro.

De acordo com a imprensa argentina, Kirchner só aceitou o convite para viajar a Brasília por dois motivos: para evitar comentários de que teria “abandonado” Lula em um momento de crise política no Brasil e para agradar o governo venezuelano, que tem manifestado entusiasmo com os planos de cooperação entre os três países.

 
 
66'Visões da ciência'
Concurso britânico premia fotos do mundo científico. Veja.
 
 
NOTÍCIAS RELACIONADAS
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
 
Envie por e-mail Versão para impressão
 
Tempo | Sobre a BBC | Expediente | Newsletter
 
BBC Copyright Logo ^^ Início da página
 
  Primeira Página | Ciência & Saúde | Cultura & Entretenimento | Vídeo & Áudio | Fotos | Especial | Interatividade | Aprenda inglês
 
  BBC News >> | BBC Sport >> | BBC Weather >> | BBC World Service >> | BBC Languages >>
 
  Ajuda | Fale com a gente | Notícias em 32 línguas | Privacidade