Inspirados por monge, leitores da BBC Brasil compartilham seus segredos de felicidade

A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo
5 segredos da felicidade, segundo o 'homem mais feliz do mundo'

A história do monge budista Matthieu Ricard, considerado a "pessoa mais feliz do mundo" por cientistas americanos, foi mencionada no boletim de notícias da BBC Brasil transmitido pelo Facebook nesta terça-feira e inspirou leitores a compartilharem seus próprios "segredos de felicidade".

Na reportagem em vídeo, o monge dá cinco dicas, como ser paciente, saber treinar sua mente, entre outros. Os leitores, então, começaram a dar outras sugestões, como simplesmente "ser livre".

Direito de imagem Reprodução

O monge recebeu esse título de cientistas da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, que estudaram seu cérebro.

Eles descobriram que Ricard produz um nível de ondas cerebrais de gama sem precedentes na literatura científica.

O leitor Valter Aguiar logo brincou com esse aspecto científico: "felicidade é quando você está ao lado da pessoa de quem você gosta, porque aí você 'gama'".

Brincadeiras à parte, teve gente que aproveitou para criticar a corrupção no Brasil - motivo para tudo, menos para ser feliz, segundo os nossos leitores.

Lya Simon, por exemplo, disse: "o segredo da felicidade é ser honesto - coisa que não tem neste país".

Leandro Figueiredo concorda, e escreveu: "felicidade é um Brasil livre de bandidos de colarinho branco".

Direito de imagem iStock
Image caption Leitores discorreram sobre a felicidade no Facebook

Amar o próximo

Um dos segredos apontados pelo monge Mattieu Ricard, relacionado ao altruísmo, ecoou entre os nossos leitores. Muitos também comentaram o amor ao próximo - e a si mesmo - como essenciais para uma vida mais feliz.

Segundo ele, "se você treinar para ter mais compaixão, se você treinar para ser mais altruísta, seu cérebro vai mudar, você será uma pessoa diferente".

Direito de imagem Reprodução

Na opinião de Virginia Vasconcelos Sampaio, "ser feliz é fazer o outro feliz". Para Aline Sliuzas também, seguindo a premissa do "faça o bem mesmo sem saber a quem".

Um outro consenso entre os leitores da BBC Brasil que comentaram sobre a reportagem foi a relação entre felicidade e amor próprio.

A leitora Gabriela Carneiro Lopes acrescentou ainda a busca pelo autoconhecimento. Para ela, "felicidade é se autoconhecer e saber o que te faz feliz".

Prazeres

Em sua filosofia de vida, o monge critica a procura pelo prazer em excesso, comumente relacionado à felicidade.

"A felicidade não é a busca infinita por uma série de experiências prazerosas. Isso é uma receita para a exaustão", diz ele.

Independentemente dos prazeres poderem ser "uma água de coco na praia", como citou nosso leitor Gustavo Francisco, ou "o cheirinho de café todas as manhãs", como colocou Danunzia Diniz, há quem não concorde com o ditado segundo o qual "dinheiro não traz felicidade".

Direito de imagem Reprodução

Para Rafael Mendonça, a questão financeira faz parte da nossa imagem perante à sociedade, e por isso, importa sim.

"Dentro de um sistema em que, para que você tenha dignidade, conforto e até mesmo respeito perante a sociedade é preciso ter grana, óbvio que o dinheiro trará 'felicidade'".

Estar presente

Com o conceito e a prática do "mindfullness" cada vez mais na moda, muitos leitores também citaram importância de viver o presente para ser feliz.

A prática, que na tradução livre quer dizer "atenção plena", é uma forma de meditação que pretende concentrar a atenção e o foco das pessoas no momento presente.

Para Nath Nat, "a felicidade não tem segredo, é só estar presente". Niely Oliveira também falou sobre a aceitação do presente e "saber que a vida é passageira e que cada momento é precioso".

Muitos outros leitores compartilharam seus segredos e dicas sobre felicidade - o assunto acabou contagiando a página da BBC Brasil no Facebook de maneira positiva, como observou uma de nossas leitoras.

Direito de imagem Reprodução

Tópicos relacionados

Notícias relacionadas