Polícia faz batida na casa de pai de acusado de massacre na Noruega

A polícia francesa fez uma batida nesta segunda-feira na casa do pai do homem acusado do massacre na Noruega, Anders Behring Breivik.

Cerca de 10 policiais entraram na casa de Jens Breivik, um diplomata aposentado, e de sua mulher, Wanda, localizada na região de Languedoc-Roussillon, sul da França.

A polícia cercou a casa na noite de domingo.

Jens Breivik disse à imprensa francesa que estava "consternado" com os atos do filho, e disse que não tinha contato com ele desde 1995.