China atribui acidente de trens a uma ‘séria falha’ de sinalização

O grave acidente ferroviário que deixou 39 mortos no último sábado na China foi causado por uma "séria falha" de sinalização, declararam autoridades nesta quinta-feira (noite de quarta no horário brasileiro).

O acidente, que causou comoção na opinião pública no país, ocorreu quando um trem se chocou com a traseira de outro, que estava parado em um viaduto por conta de uma queda em seu suprimento de energia.

O sistema "falhou em mudar a sinalização de verde para vermelho", disse An Lusheng, chefe do órgão ferroviário de Xangai.

O premiê chinês, Wen Jiabao, pediu um inquérito sobre o caso e prometeu melhoras na segurança ferroviária chinesa, que o país tenta transformar em vitrine.

As autoridades chinesas também pagarão indenizações às famílias das vítimas do acidente.

O correspondente da BBC em Pequim Martin Patience relata que o desastre envolvendo os trens-bala gerou grande indignação entre os chineses. Um dos jornais mais populares do país publicou uma manchete dizendo: "Raiva aumenta com a falta de respostas".