Polícia prende suspeito de integrar rede internacional de hackers

Um jovem de 18 anos foi preso na ilha de Shetland, na Escócia, sob suspeita de integrar uma rede internacional de hackers, responsáveis por ataques virtuais a sites de governos de vários países, inclusive o Brasil.

O jovem, não identificado, é suspeito de usar o apelido de Topiary e se apresentar como porta-voz dos grupos Anonymous and LulzSec.

Uma facção brasileira do grupo LulzSec chegou a assumir a autoria dos ataques recentes a sites do governo federal.

A polícia britânica também está interrogando outros jovens, suspeitos de ligação com o grupo. Um deles, com apenas 16 anos, foi preso na última semana, em Londres.