Rebeldes líbios dizem ter tomado cidades ‘estratégicas’

Forças rebeldes da Líbia, que lutam contra o regime de Muamar Khadafi, anunciaram nesta quinta-feira terem tomado três cidades consideradas estratégicas, na fronteira com a Tunísia.

Segundo os rebeldes, 500 homens tomaram parte na ação. O bombardeiro das três pequenas localidades, uma delas chamada de Ghezaya, foi ouvido nas redondezas.

Os opositores classificaram a ação como uma grande ofensiva contra o regime de Khadafi.

O porta-voz das forças rebeldes disse que a tomada de Ghezaya se deu com tanques e bombardeios com mísseis. Um vídeo postado pelos mesmos rebeldes, no entanto, mostra que as forças opositoras parecem não estar tão bem equipadas.