Produção industrial brasileira tem recuo de 1,6% em junho

A produção industrial brasileira recuou 1,6% em junho frente ao mês anterior e reverteu a expansão de 1,1% registrada no mês de maio, informou nesta terça-feira o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Os principais recuos foram observados nas indústrias de bens de consumo semiduráveis e não-duráveis (que englobam desde alimentos e remédios até vestuário) e de bens de capital (que engloba maquinários e equipamentos).

Em comparação com junho de 2010, houve uma expansão de 0,9%.

E, nos seis primeiros meses do ano, o acumulado é positivo em 1,7%,

Em meio a temores de desindustrialização, a presidente Dilma Rousseff lançou nesta terça-feira o programa Brasil Maior, que deve incluir desonerações a setores como os automotivo, têxtil, calçados, máquinas, químico e de inovação, além de incentivos a produtos industrializados para exportações.