Reunião do Conselho de Segurança sobre Síria termina sem definição

O Conselho de Segurança da ONU terminou uma reunião sobre a crise na Síria sem um acordo sobre como responder à repressão do regime contra os civis.

Apesar da falta de um resultado concreto, os diplomatas tiveram sinais de progresso, com a criação do esboço de um documento sobre o uso da força por parte do exército sírio. O texto será enviado aos chanceleres dos países membros do Conselho para análise.

Segundo a correspondente da BBC na ONU Barbara Plett, os integrantes das Nações Unidas ainda têm de concordar em como condenar a violência do governo sírio, assim como se a violência causada por manifestantes também será alvo de sanções.

Os últimos relatos vindos da Síria afirmam que as forças pró-governo atiraram em manifestantes em diversas localidades do país nessa terça-feira.

Testemunhas dizem que houve episódios de violência nas cidades de Hasaka, Latakia e em um subúrbio da capital, Damasco. Sete pessoas teriam sido mortas na cidade de Hama, cercada por forças do regime.