Piloto paquistanês que abateu avião da Índia pede desculpas à família de vítima

Um piloto aposentado do Paquistão pediu desculpas à família de um militar indiano, morto durante a queda de uma aeronave abatida por forças paquistanesas há 46 anos.

Qais Hussain enviou uma carta à família indiana, expressando seu pesar.

Ele disse que agiu sob ordens de seus superiores. O ex-piloto disse ainda que suspeitava que o avião indiano estivesse em missão de reconhecimento.

Hussain disse que levou mais de 40 anos para dar condolências porque não tinha o contato da família.