Ex-ministro acusado de corrupção é extraditado para a Indonésia

O ex-ministro do Tesouro da Indonésia Muhammad Nazaruddin foi extraditado neste sábado para Jacarta, onde será julgado por corrupção.

Nazaruddin é acusado de cobrar propinas de quase US$ 3 milhões por contratos ligados com os Jogos do Sudeste Asiático, que será sediado na Indonésia no fim do ano.

Ele foi extraditado da Colombia, onde foi detido no último domingo, depois de viver como fugitivo por mais de dois meses.

Nazaruddin nega as acusações. Desde que fugiu do país, em maio, ele tem acusado vários altos integrantes do partido do governo, do qual faz parte.