Índios da Bolívia protestam contra estrada financiada pelo Brasil

Centenas de indígenas da Bolívia começaram uma longa marcha até a capital, La Paz, em protesto contra a construção de uma rodovia com financiamento brasileiro em um parque nacional na Amazônia boliviana.

O Itamaraty (Ministério das Relações Exteriores) confirmou que a estrada Villa Tunari-San Ignacio de Moxos tem financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Os ativistas dizem que a estrada vai incentivar o desmatamento no parque nacional Isiboro-Securé, que ainda abriga tribos isoladas.

O protesto é mais uma manifestação contrária ao governo do presidente Evo Morales, um conhecido defensor dos direitos indígenas.

Morales, o primeiro chefe de Estado indígena da Bolívia, diz que a estrada é vital para a integração nacional.