Holanda dá US$ 143 milhões confiscados da Líbia para a OMS

A Holanda anunciou nesta segunda-feira que entregará US$ 143 milhões (cerca de R$ 227 milhões) para a Organização Mundial da Saúde (OMS) que haviam sido confiscados do governo líbio.

Um porta-voz do governo holandês disse que os fundos seriam usados para a compra de medicamentos e equipamentos cirúrgicos em áreas controladas por rebeldes que combatem o regime de Muamar Khadafi.

A Holanda confiscou mais de US$ 4 bilhões do governo líbio em março.

O ministro das Relações Exteriores da Holanda, Uri Rosenthal, disse que o país é o primeiro a responder a um apelo urgente da OMS para a liberação de fundos do governo líbio.