Forças sírias matam 20 em manifestações, dizem ativistas

Forças de segurança na Síria abriram fogo contra manifestantes nesta sexta-feira, deixando ao menos 20 mortos, segundo ativistas.

Milhares de pessoas foram às ruas em manifestações contra o governo após as tradicionais orações das sexta-feira.

A violência teria ocorrido apesar da garantia do governo de que as operações militares teriam acabado. A maior parte dos incidentes teria ocorrido na província de Deraa, na capital Damasco e na cidade de Aleppo.

Uma porta-voz do ministério da Informação responsabilizou gangues armadas pela violência.