Irã condena americanos a 8 anos de prisão por espionagem

A TV estatal iraniana informou que dois jovens americanos acusados de espionagem foram condenados a oito anos de prisão.

Os dois americanos, Shane Bauer e Josh Fattal, foram presos no Irã após terem entrado no país tendo cruzado a fronteira do Irã com o Irque há dois anos.

Eles disseram ser viajantes que participavam de uma caminhada e que entraram no Irã por engano.

O advogado que representa os americanos, Masoud Shafii, disse à BBC que irá recorrer da sentença.

Ele disse não ter recebido quaisquer informações sobre os dois desde que o julgamento deles foi encerrado, no mês passado.