Espanha anuncia projeto para emenda que limitaria endividamento

A Espanha anunciou nesta terça-feira planos para mudar sua Constituição para evitar que futuros governos aumentem excessivamente o endividamento do país.

Este foi o primeiro país da zona do euro a anunciar uma medida como essa em meio à crise das dívidas na região.

O primeiro-ministro espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, afirmou em uma sessão extraordinária do Parlamento que a mudança constitucional obrigaria o governo a conter o deficit público.

O principal partido opositor, Partido Popular, se disse pronto a apoiar a mudança.

Na semana passada, a França e a Alemanha, as duas maiores economias da zona do euro, propuseram que todos os países do bloco adotassem normas para limitar o deficit e ajudar a evitar a repetição da atual crise.