ONU alerta para ressurgimento do vírus da gripe aviária

A ONU alertou para a possibilidade do ressurgimento da variante letal do vírus da gripe aviária, a H5N1, e do contágio na Ásia de uma nova variante mutante.

A FAO, a agência da ONU para agricultura e segurança alimentar, afirmou que aves migratórias levaram o vírus para países que não tinham sido afetados e outros que não tinham registrado a presença do vírus por anos, incluindo Israel, os territórios palestinos, Bulgária, Romênia, Nepal e Mongólia.

A agência da ONU também afirmou que uma variante mutante, que aparentemente não pode ser combatida com as vacinas que já existem, está se espalhando pela China e pelo Vietnã.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou que 331 pessoas morreram devido ao vírus desde que foi detectado pela primeira vez em 2003.