Revista birmanesa publica entrevista com Suu Kyi pela primeira vez

Uma revista birmanesa publicou uma entrevista com a ativista pró-democracia Aung San Suu Kyi pela primeira vez desde sua libertação da prisão domiciliar.

O editor executivo da revista The Messeneger disse à BBC que a entrevista foi feita logo após a libertação de Suu Kyi em novembro, mas que o governo birmanês não havia autorizado sua publicação até agora.

A entrevista discute as perspectivas para os jovens em Mianmar e as esperanças da ativista de que eles possam estudar mais.

No mês de julho, Suu Kyi se reuniu com um ministro do novo governo civil do país, depois de ter sido alertada para interromper todas as suas atividades políticas.

Os militares, que governaram o país por quase 50 anos, transferiu o poder para um governo liderado por civis em março.

No entanto, a nova administração é composta por generais afastados de suas funções, alguns militares ainda na ativa e tecnocratas.