Uruguai recolhe soldados de paz que teriam estuprado adolescente no Haiti

Atualizado em  4 de setembro, 2011 - 17:10 (Brasília) 20:10 GMT

O governo do Uruguai ordenou a repatriação de cinco de seus soldados da força de paz no Haiti, após acusações de que eles teriam participado do estupro de um adolescente haitiano.

O chefe do contingente naval do Uruguai no Haiti também foi afastado de seu posto após o acidente, que teria acontecido em uma base da ONU.

A missão de paz da ONU no Haiti e as autoridades locais abriram investigações separadas depois que um vídeo apareceu na internet, supostamente mostrando o estupro.

Uma porta-voz da missão disse à BBC que um investigador uruguaio também foi enviado para o Haiti.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.