Síria autoriza contato da Cruz Vermelha com prisioneiros

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha confirmou nesta segunda-feira que membros da organização se encontram com prisioneiros políticos sírios no domingo.

O presidente da Cruz Vermelha, Jakob Kellenberger, disse que integrantes do grupo visitaram a prisão central de Damasco, a capital.

Ele confirmou a informação logo após encontro com o presidente Bashar al Assad. Kellenberger disse que a Cruz Vermelha recebeu autorização para visitar os presos nos protestos que pedem reformas democráticas no país.

Milhares de pessoas foram presas desde o início dos protestos, que deixaram mais de dois mil mortos na violenta repressão até agora, segundo a ONU.