Zoellick: EUA provavelmente evitarão recaída na recessão

O presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, disse nesta terça-feira que é provável que os Estados Unidos consigam evitar uma recaída na recessão.

Zoellick acrescentou, no entanto, que a economia americana pode enfrentar crescimento lento e um alto nível de desemprego.

Falando durante uma conferência em Cingapura, o presidente do Banco Mundial disse que a crise gerada pelo déficit europeu ameaça minar a confiança de consumidores e investidores, e que os desafios enfrentados pela zona do euro são mais "iminentes" do que os enfrentados pelos Estados Unidos.