Galliano é condenado por comentários antissemitas

Um tribunal em Paris condenou o estilista britânico John Galliano a pagar uma multa de cerca de 6 mil euros (R$ 14 mil) por fazer comentários antissemitas.

O pagamento da multa, no entanto, só deve acontecer se o estilista cometer uma nova infração durante um período de observação, ou não obedecer às determinações do juiz.

Galliano, que é considerado um dos melhores estilistas de sua geração, foi filmado proferindo insultos antissemitas durante uma briga em um bar de Paris no início do ano.

Em uma audiência anterior, ele pediu desculpas e responsabilizou as pressões que sofria no trabalho por seu comportamento. O grupo Christian Dior, para quem trabalhava, o demitiu pouco depois.

O estilista não compareceu ao tribunal para o anúncio de sua sentença.