Irã deve libertar americanos acusados de espionagem

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou nesta terça-feira que dois americanos presos perto da fronteira entre o Irã e o Iraque por acusação de espionagem deverão ser soltos dentro de alguns dias.

Os comentários de Ahmadinejad foram feitos durante uma entrevista ao programa Today, da rede de TV NBC.

Os dois americanos, Shane Bauer e Josh Fattal, foram condenados no mês passado a oito anos de prisão, após terem sido presos em julho de 2009, juntamente com outra americana, Sarah Shourd, que foi solta e pode retornar aos Estados Unidos depois de pagar uma multa equivalente a US$ 500 mil (cerca de R$ 850 mil).