Merkel procura dissipar temores de default pela Grécia

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, procurou desfazer temores de que a Grécia poderá decretar o default de sua dívida.

Os comentários da líder alemã foram feitos com o intuito de desfazer o mal estar gerado por declarações de seu vice-chanceler, Philipp Roesler.

Ele afirmou, durante uma entrevista, que a Grécia precisaria realizar um ''default ordenado'' de suas dívidas, o que provocou temores nos mercados mundiais.

Merkel comentou que líderes da região precisam ser cuidadosos ao comentar sobre os problemas afilgindo os países da zona do euro.

De acordo com a chanceler, é preciso evitar uma ''insolvência sem controle'' já que isso afetaria não apenas a Grécia, mas vários outros países, provocando o que chamou de ''um efeito dominó''.