Berlusconi ganha voto de confiança para implantar pacote de austeridade

O premiê da Itália, Silvio Berlusconi, recebeu nesta quarta-feira um voto de confiança do Parlamento italiano para levar adiante as medidas de austeridade que visam reduzir o deficit do país em mais de US$ 70 bilhões (quase R$ 120 bilhões) em três anos.

Um dos objetivos do pacote é conter a desconfiança do mercado sobre a capacidade da Itália em controlar seu orçamento, o que vinha aprofundando a crise na zona do euro.

O voto desta quarta passou na Câmara por uma margem de 14 votos. Será convertido em lei após uma votação formal que deve ocorrer ainda nesta quarta.

O pacote de austeridade – uma impopular combinação de elevação de impostos e cortes de gastos – havia passado por uma votação caótica pelo Parlamento, expondo rachas dentro da coalizão de Berlusconi.