Ex-chefe da inteligência colombiana é condenado a 25 anos de prisão

O ex-chefe da agência de inteligência da Colômbia foi sentenciado a 25 anos de cadeia por colaborar com grupos paramilitares.

Jorge Noguera foi condenado por ajudar "esquadrões da morte" a se infiltrar na agência e assassinar um ativista opositor.

O ex-chefe também foi condenado por ter eliminado informações sobre paramilitares e traficantes de drogas dos arquivos da agência.

Noguera é o último aliado do ex-presidente Alvaro Uribe a ser sentenciado por ligações com paramilitares de direita.