Comissão Europeia propõe títulos conjuntos para dívida da zona do euro

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, disse nesta quarta-feira que vai oficializar a proposta de criação de títulos conjuntos das dívidas dos 17 países da zona do euro, os chamados eurobonds.

Esses títulos seriam garantidos e emitidos conjuntamente pelos países do euro e tenderiam a reduzir os custos dos empréstimos para países endividados, como a Grécia.

Mas a ideia, ao mesmo tempo em que tem admiradores, enfrenta oposição dentro da própria União Europeia. A Alemanha, por exemplo, rejeita o eurobond alegando que ele "não faz sentido" atualmente, já que os países-membros da UE conduzem suas políticas econômicas individualmente, e não em conjunto.

Berlim também alega que a introdução de títulos europeus no mercado poderia diminuir o esforço de países altamente endividados em controlar seus orçamentos.