Líder sênior da Al-Qaeda no Paquistão foi morto, dizem EUA

Um graduado líder da rede Al-Qaeda no Paquistão foi morto nas áreas tribais do país, afirmaram nesta quinta-feira autoridades americanas.

Identificado como Abu Hafs al-Shahri, o líder está sendo descrito por fontes americanas como o chefe de operações da Al-Qaeda no Paquistão e como o contato entre a rede extremista e o grupo radical Talebã.

Analistas no Paquistão dizem que pode ser que Shahri seja um homem não identificado que foi morto no domingo, no Waziristão do Norte, por um avião não tripulado dos EUA. Alegações como essa são de difícil verificação, diante das dificuldades de acesso às áreas tribais do Paquistão, e costumam ser fonte de embates entre Washington e Islamabad.