Combates deixam ao menos seis mortos na capital do Iêmen

Tiveram início combates na capital do Iêmen, Sanaa, nesta quinta-feira, matando ao menos seis pessoas e rompendo um frágil cessar-fogo.

Testemunhas falam que a violência começou quando atiradores de elite mataram duas mulheres na praça central da cidade onde ocorrem, há meses, manifestações contra o governo. Cerca de 90 pessoas morreram na última onda de protestos.

Na quarta–feira, uma tentativa do Conselho de Cooperação do Golfo de mediar um acordo para acabar com a crise fracassou.

Há relatos de que líderes tribais teriam se unido a unidades militares que se alinharam com a oposição.