Zapatero dissolve Parlamento e convoca eleições na Espanha

O primeiro-ministro da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, anunciou nesta segunda-feira a dissolução do Parlamento e a convocação de eleições legislativas em novembro.

A dissolução do Parlamento já era esperada. O governo socialista de Zapatero, que está no poder desde 2004, enfrenta baixos níveis de popularidade, agravados pelo baixo desempenho da economia espanhola. O nível de desemprego no país é o mais alto da Europa.

Zapatero não irá concorrer à indicação para mais um mandato como primeiro-ministro. O líder dos socialistas é o deputado Alfredo Pérez Rubalcaba.

Ele deve enfrentar o líder da oposição conservadora, Mariano Rajoy, do Partido Popular.