Irmandade Muçulmana ameaça boicotar eleição no Egito

A coalizão de partidos egícpios comandada pelo grupo islâmico Irmandade Muçulmana ameaçou boicotar as eleições no país caso a lei eleitoral não seja alterada.

O bloco Aliança Democrática se opõe a uma medida que destina um terço das vagas em disputa a candidatos independentes.

Os representantes do bloco deram aos governantes militares do Egito um prazo até o dia 2 de outubro para que eles atendam às exigências feitas por eles.

As eleições parlamentares egípcias estão previstas para o dia 28 de novembro.