Líder da rede Haqqani diz que americanos querem afastar grupo do Talebã

O líder da rede extremista Haqqani, no Afeganistão, diz ter sido contactado por agências de inteligência americanas, que querem que seu grupo inicie negociações de paz com o governo afegão.

Siraj Haqqani disse à BBC que o pedido americano é uma tentativa de criar discórdia entre a rede e seus aliados do Talebã.

Segundo Haqqani, sua rede recebe ordens do Talebã, e não da inteligência paquistanesa, como alegam os governos americano e afegão.

Ele disse ainda que os recentes ataques em Cabul, atribuídos à rede Haqqani, foram planejados por um conselho militar coordenado pelo Talebã.