Grécia vive greve de 24h greve geral contra medidas de austeridade

A Grécia vive nesta quarta-feira uma greve geral de 24 horas em protesto contra as medidas de austeridade anunciadas no mês passado pelo governo.

Todos os voos tendo os aeroportos gregos como origem ou destino foram cancelados porque os controladores de voo aderiram à paralisação, convocada pelas centrais sindicais do país.

A expectativa é de adesão também do resto dos trabalhadores dos setores estatal e privado, o que afetaria o transporte público, as escolas e os hospitais (nos quais só funcionarão os serviços de emergência).

Um correspondente da BBC em Atenas disse que o sentimento na cidade é de frustração e revolta.

Os manifestantes dizem que as medidas de austeridade vão piorar os efeitos da recessão. Já o governo grego defende que as medidas são necessárias para reduzir o déficit do país